21°C 32°C
Altamira, PA
Publicidade

Polícia decreta prisão preventiva de militar que promovia 'festa do pijama' para abusar de crianças em Altamira

Suspeito era amigo das mães das vítimas e sempre se mostrava atencioso e prestativo. Ele utilizava essas relações para se aproximar das crianças e ganhar sua confiança.

10/07/2023 às 18h17
Por: Redação Xingu em Foco Fonte: G1 Pará
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Após viralizar denúncias nas redes sociais contra um militar de 43 anos, suspeito de abusar sexualmente de várias crianças em Altamira, no sudoeste do Pará, a polícia decretou prisão preventiva, mas o homem segue foragido.

Até o momento, quatro vítimas foram identificadas, com idades entre 6 e 12 anos. A mãe de uma das vítimas compartilhou o terrível momento em que descobriu que sua filha de apenas 6 anos havia sido abusada sexualmente pelo policial.

Em um relato emocionado, ela descreveu como a criança detalhou os abusos, revelando que eles vinham ocorrendo há cerca de seis meses.

De acordo com o depoimento da mãe, o suspeito usava a desculpa de assistir filmes com as crianças como estratégia para continuar abusando da menina e de outras vítimas em seu quarto.

A situação torna-se ainda mais revoltante quando se descobre que o policial chegou a tocar nas partes íntimas da vítima na frente de sua própria filha de apenas nove anos. A segunda vítima começou a ser abusada pelo policial quando tinha 11 anos.

Somente aos 12 anos da vítima a mãe descobriu que sua filha havia sido estuprada pelo criminoso. A mãe revelou que o abuso ocorreu por um longo período, desde quando a família ainda morava na casa antiga.

Surpreendentemente, o policial identificado como Adriano Augusto era amigo das mães das vítimas e sempre se mostrava atencioso e prestativo. Ele utilizava essas relações para se aproximar das crianças e ganhar sua confiança.

Além disso, promovia festas infantis, incluindo "noites do pijama", em sua residência, na presença de sua esposa e filha.

Segundo a Polícia Civil o caso é investigado pela seccional de Altamira. Sendo decretado pela justiça a prisão preventiva do suspeito, além de diligências que estão sendo realizadas para localizá-lo.

Para denunciar qualquer caso de violência sexual infantil, é necessário procurar o Conselho Tutelar, delegacias especializadas, autoridades policiais ou ligar para o Disque 100.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sem foto
Sobre o município
Altamira é um município brasileiro do Estado do Pará, localizado na região fisiográfica do vale do Xingu, pertencente a Mesorregião do Sudoeste paraense. Criado em 06 de novembro de 1911, de acordo com a Lei Estadual nº 1.234, quando foi emancipado do município de Souzel. Totalizando uma área de 159 533,328 Km² o que o torna o maior município do Brasil e o terceiro maior do mundo em extensão territorial. Segundo o IBGE com sua população estimada em 2020 que era de 115.969 habitantes.
Ver notícias
Altamira, PA
25°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 32°

26° Sensação
1.3km/h Vento
82% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h32 Nascer do sol
06h28 Pôr do sol
Qui 33° 21°
Sex 33° 21°
Sáb 31° 21°
Dom 31° 22°
Seg 31° 21°
Atualizado às 09h01
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,47 +0,50%
Euro
R$ 5,87 +0,54%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,59%
Bitcoin
R$ 377,117,99 +0,17%
Ibovespa
119,267,80 pts -0.3%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Lenium - Criar site de notícias